Palo Alto Networks na Forbes: empresa promissora

"O IDC estima que o mercado corporativo de segurança de rede tenha sido de US$ 10,2 bilhões em 2011 e projeta crescimento anual a taxas de 9,5% chegando a US$13,4 bilhões em 2015, de acordo com prospecção da SAN."

 

No final de abril, a TechBiz Informática selou a parceira com a Palo Alto Networks (PAN), empresa desenvolvedora de firewalls de última geração. No dia 13, o analista Peter Cohan, que escreve sobre políticas econômicas e startups na Forbes escreveu o artigo “Why Palo Alto Networks Beats Facebook in the IPO Sweepstakes”. Traduzimos aqui alguns pontos importantes mencionados no artigo da Forbes e que chamaram a atenção não só do articulista, mas da própria TechBiz Informática ao optar pela parceria.

Cohan lista cinco fatores que fazem da PAN uma empresa atrativa para investimentos:

  • O poder atrativo da indústria em que a empresa compete;
  • A posição da Palo Alto Networks no mercad;
  • A qualidade de sua equipe de gestão;
  • Sua performance financeira e prospecções;
  • E sua avaliação.

E o analista chega às seguintes conclusões:

• Atrativo da indústria: a PAN compete no mercado de segurança de rede. Esse mercado inclui Firewall/Virtual Private Network (VPN), Unified Threat Management (UTM), Web Gateway, Detecção e Prevenção de Intrusão (IDP/IPS) e tecnologia sde Virtual Private Network (VPN). O IDC estima que o mercado corporativo de segurança de rede tenha sido de US$ 10,2 bilhões em 2011 e projeta crescimento anual a taxas de 9,5% chegando a US$13,4 bilhões em 2015, de acordo com prospecção da SAN.

• Posicionamento de mercado: a PAN está crescento 21 vezes mais rapidamente que a indústria. Concorrentes como Cisco Systems (CSCO) e Juniper Networks (JNPR) são líderes de mercado. Mas, graças a novas tecnologias como a Web 2.0, mídia social e Software as a Service (SaaS) — os firewalls tradicionais não conseguem prever como o tráfego em uma rede corporativa irá se comportar. A tecnologia da PAN, no entanto, utiliza uma lógica que protege os ativos corporativos contra as ameaças oriundas das novas tecnologias e, como resultado, está crescendo muito mais rapidamente: a taxas anuais de 198% entre 2009 e 2010 — do que a indústria. Esse crescimento é expressivo se comparado ao crescimento de receita da Check Point, de 13%. Mas, o que é mais marcante é o acúmulo de clientes da PAN desde a sua fundação, em 2007: 6.650.

• Gerenciamento: O CEO da PAN, Mark McLaughlin, tem um currículo impressionante. Ele se tornou CEO da VeriSign (VRSN) após a aquisição da Signio onde atuou até Jullho de 2011. Enquanto isso, o chefe de tecnologia da PAN e seu cofundador, Nir Zuk, foi CTO da Juniper Networks (JNPR) e trabalhou como um dos principais engenheiros da Check Point.

• Desempenho financeiro:  o crescimento da PAN tem sido mais impressionante que o da Check Point, mas é preciso ir mais longe quando se trata dos lucros. Com faturamento de 4% de margem para janeiro de 201, a PAN tem ainda muito que caminhar antes de alcançar a enorme margem de 44% da Check Point.

• Valorização: Seeking Alpha acredita que a PAN deve valer o mesmo que a Check Point, algo em torno de US$2 billhões (10 x US$ 200 milhões em 12meses de vendas).

"A Palo Alto Networks está se preparando para se tornar em 2012 um IPO mais sólido. Dado seu potencial de continuar crescendo mais rapidamente que a indústria, a superioridade de seu produto, e sua forte equipe de gerenciamento, é fácil prever a valorização dessas ações após a venda ao público."

Blog TechBuzz

  • PMI estimula projetos sustentáveis
    Nos dias 19 e 20 de setembro o Ouro Minas Palace Hotel, em Belo Horizonte, sedia o IV Congresso de...
  • Interação com o usuário
    No final de julho, a designer do Grupo TechBiz Glênia Braga concluiu o curso de especialização em Design de Interação...
  • Estatísticas
    Confira alguns dados do IDC sobre a Tecnologia da Informação: A Computação em Nuvem e a Virtualização devem liderar os investimentos...